Queijos Artesanais

Conheça nossa variedade escolhendo pelo tipo de leite, selecione abaixo.

Tipo Stracchino - 200g

Código Interno: 0240

Por: R$13,50

Em Estoque

ATENÇÃO: Produto vendido por unidade mas cobrado por quilo. O valor acima representa o preço médio de uma peça.

De origem italiana, o Stracchino, também conhecido como Crescenza, é um queijo de leite de vaca fresco das regiões da Lombardia, Piemonte e Vêneto.

O Stracchino é um queijo fresco e macio de textura cremosa, amanteigada e espalhável, de cor branca e amarelada e sem casca. Possui um sabor delicado, fresco e levemente adocicado, com aroma muito agradável e rico.

O queijo Tipo Stracchino Serra das Antas é um queijo pequeno e retangular, com 5x10cm de face e 3cm de expessura, e pesando em torno de 200g. Sendo um queijo fresco, possui validade de 30 dias (1 mes).

Assim como todos os queijos, o Stracchino deve ser conservado refrigerado em temperatura máxima de 8°C.

Alergênicos: Contém Leite.

Não Contém Glútem.

Obs.: Este queijo possui sua denominação de origem protegida. Deste modo, por se tratar de um queijo produzido no Brasil, deve apresentar a denominação "Tipo" antes de seu nome.

O nome do queijo deriva da palavra italiana“stracca”, significando “cansada”. Diz-se que o leite de vacas cansadas que desciam as pastagens alpinas no outono é mais rico em gordura e mais ácido. Estas qualidades foram descobertas, de acordo com as lendas, no leite de vacas que foram movidas sazonalmente, para cima e para baixo dos Alpes para pastos diferentes. O leite destas vacas dá ao queijo seu sabor característico.

Informação Nutricional (?)

87kcal . . . . . . . . . . . . . . 4%
0g . . . . . . . . . . . . . . . . . 0%
4,2g . . . . . . . . . . . . . . . . 6%
7,8g . . . . . . . . . . . . . . . 14%
5,5g . . . . . . . . . . . . . . . 25%
0 . . . . . . . . . . . . . . . . . . -
0g . . . . . . . . . . . . . . . . . 0%
60mg . . . . . . . . . . . . . . . 3%
170mg . . . . . . . . . . . . . .17%

A embalagem a vácuo é utilizada para estender ao máximo as características “frescas” deste queijo, porém isto não impede que ele envelheça e mude as suas características com o passar dos dias.

Tire-o da refrigeração e da embalagem meia hora antes de servi-lo, isto dará à massa a consistência adequada e liberará os seus melhores sabores. A temperatura ideal de consumo fica entre 15 e 18ºC. 

No café da manhã acompanhando torradas e geléias fica muito bom. Combina muito bem com tomates maduros e aceto balsâmico. Nas sobremesas acompanha bem compotas de frutas e geleias. Numa tábua de queijos, pode ser combinado com queijos mais suaves como o Camembert, Brie e um jovem Saint-Marcellin.

Tem harmonização muito boa com os brancos jovens de boa acidez, experimente com Sauvignon Blanc ou um rosé Côtes de Provence.

Se preferir tinto, tente algum bem leve e frutado, com pouco tanino, como alguns do Vale do Loire, alguns Beaujolais ou algum Pinot Noir jovem e frutado como os da Alsácea, Champagne ou América do Sul.

Por se tratar de um queijo fresco, leve e com sabor sutil, pode ser acompanhado por cervejas tão leves quanto ele, como as Pilsner (ou Pilsen), Kölsch e as de trigo dos tipos Weizenbier (ou Weissbier) e Witbier. 

Sempre o conserve refrigerado (entre 3 e 10°C). Quanto mais alta a temperatura de conservação mais rápido o envelhecimento do queijo.

Após aberto recomenda-se consumi-lo em até 3 dias, pois fora da embalagem a vácuo poderá ocorrer o crescimento de leveduras e mofos naturais. Note que este produto não contém conservantes. Se necessário reembale-o em filme de PVC esticável.

Só o congele em último caso, pois ao descongelá-lo a massa se apresentará muito quebradiça. A conservação após o descongelamento não é boa, devendo ser consumido rapidamente.

Processando...