Queijos Artesanais

Conheça nossa variedade escolhendo pelo tipo de leite, selecione abaixo.

Tipo Gorgonzola - 500g

Código Interno: 0352

Gorgonzola

Por: R$38,00

Em Estoque

ATENÇÃO: Produto vendido por unidade mas cobrado por quilo. O valor acima representa o preço médio de uma peça.

De origem italiana, o Gorgonzola é um dos queijos de mofo azul mais famosos do mundo, feito de leite de vaca e originário das regiões de Piemonte e Lombardia, sendo maturado por 1 mês.

O Gorgonzola é um queijo mole de textura mais firme e um pouco quebradiça, cor amarelada ou palha com veios azuis e com casca natural. Possui um sabor que vaira desde o suave ao acentuado, dependendo do estágio de maturação, com um aroma característico dos queijos de mofos azuais e lembrando nozes.

O queijo Tipo Gorgonzola Serra das Antas é um queijo redondo, com aproximadamente 30cm e pesando em torno de 13kg. É comercializado em metades circulares de 6kg e em cunhas de 1,3kg e de 500g, todas com validade de 60 dias (2 meses).

Assim como todos os queijos, o Gorgonzola deve ser conservado refrigerado em temperatura máxima de 8°C.

Alergênicos: Contém Leite.

Não Contém Glútem.

Obs.: Este queijo possui sua denominação de origem protegida. Deste modo, por se tratar de um queijo produzido no Brasil, deve apresentar a denominação "Tipo" antes de seu nome.

Um dos queijos italianos mais famosos e um dos queijos azuis mais antigos do mundo, juntamente com o Requefort francês, a origem do gorgonzola é comumente atribuída a duas lendas.

A mais famosa delas conta sobre um rapaz que, distraído por sua amada, acidentalmente deixou a coalhada do queijo drenar durante a noite. Tentando esconder seu erro, o rapaz misturou-a com a coalhada da manhã seguinte e, algumas semanas depois, notou que seu produto estava ficando azul. Após provar seu produto, o rapaz fez uma maravilhosa e inesperada descoberta, dando origem ao Gorgonzola. Uma lenda muito similar é contada para a origem do queijo Roquefort.

Uma segunda lenda, conta sobre um taverneiro na região de Gorgonzola, que vendia um outro queijo chamado Stracchino. Um dia, ele descobriu, para seu horror, que grante parte de seu estoque tinha adquirido um mofo esverdeado. Após muita consideração, por grande necessidade financeira ou puramente ganância, o taverneiro decidiu empurrar estes queijos para cima de seus fregueses, alegando ser uma nova variedade, uma obra prima local. Os clientes esperimentaram e adoraram. Esta história provavelmente teve origem por volta dos séculos 9 e 11.

Informação Nutricional (?)

107kcal . . . . . . . . . . . . . .5%
0g . . . . . . . . . . . . . . . . . 0%
5,7g . . . . . . . . . . . . . . . . 8%
9,4g . . . . . . . . . . . . . . . 17%
6,1g . . . . . . . . . . . . . . . 28%
0 . . . . . . . . . . . . . . . . . . -
0g . . . . . . . . . . . . . . . . . 0%
435mg . . . . . . . . . . . . . . 18%
184mg . . . . . . . . . . . . . .18%

A embalagem do queijo lhe permite continuar maturando, mesmo sob refrigeração, então deguste-o em diferentes estágios da maturação para determinar o “ponto” ideal para o seu paladar.

Tire-o da refrigeração e da embalagem uma hora antes de servi-lo, isto dará à massa a consistência adequada e liberará os seus melhores sabores. A temperatura ideal de consumo fica entre 18 e 20ºC.

Numa tábua de queijos, pode ser combinado com Brie, Pont L’Évêque, Saint-Marcellin, frutas secas, geleias de frutas vermelhas ou mel.

Harmoniza bem com alguns vinhos tintos, como um Malbec ou um Red Bordeaux. Caso prefira um vinho branco, você pode optar por um Sauterne.

 

Para os queijos de mofo branco procuram-se cervejas com sabores mais frutados que também possuam certa acidez, assim como as geleias. Cervejas do tipo Fruit Beer, Lambic (principalmente as frutadas), Saison ou as de trigo Weizenbier (ou Weissbier) e Witbier são as preferidas.

Sempre o conserve refrigerado (entre 3 e 10°C). Quanto mais alta a temperatura de conservação mais rápida e intensa será a maturação.

Para evitar ressecamento da casca, acomode-o em recipiente tampado, isto também evitará que o queijo transfira ou receba aromas dos outros alimentos.

Ao abrir a embalagem procure conservar o papel parafinado para reembala-lo se necessário, na impossibilidade disto, reembale-o em filme de PVC esticável. Recomenda-se consumi-lo em até sete dias depois de aberto, mas se bem embalado e refrigerado, certamente este prazo poderá ser estendido. Lembre-se que o queijo continuará maturando.

Só o congele em último caso, preferencialmente com o queijo já bem maturado. Depois de descongelado consuma-o completamente, certamente haverá mudança na consistência da massa. A conservação após o descongelamento não é boa.

Processando...