Queijos Artesanais

Conheça nossa variedade escolhendo pelo tipo de leite, selecione abaixo.

Tipo Comté - 375g

Código Interno: 0282

Por: R$35,60

Em Estoque

ATENÇÃO: Produto vendido por unidade mas cobrado por quilo. O valor acima representa o preço médio de uma peça.

De origem francesa, o Comté é um queijo típico do maciço de Jura produzido a partir de leite de vaca e maturado por no mínimo 6 meses, garantindo seu sabor, textura e cor únicos.

O Comté é um queijo semiduro de textura densa e firme, cor amarelo claro e casca natural. Possui uma grande gama de sabores, entre eles o frutado, salgado, picante e nozes. Seu aroma também lembra o de nozes.

O queijo Tipo Comté serra das antas é um queijo grande e redondo, de aproximandamente 40cm de diâmetro, e pesando em torno de 12Kg. Também é vendido em cunhas de 3Kg e de 375g, com validade de 120 dias (4 meses).

Assim como todos os queijos, o Comté deve ser conservado refrigerado em temperatura máxima de 8°C.

Alergênicos: Contém Leite.

Não Contém Glútem.

Obs.: Este queijo possui sua denominação de origem protegida. Deste modo, por se tratar de um queijo produzido no Brasil, deve apresentar a denominação "Tipo" antes de seu nome.

Apesar do queijo Comté ser produzido na região das montanhas de Jura por mais de mil anos, sua condição atual sofreu um desenvolvimento recente. O Comté recebeu inicialmente sua AOC (Apelação de Origem Controlada - appellation d'origine contrôlée) na França em 1958. Entretanto, ele sempre foi chamado de Comté-Gruyere ou Gruyere de Comté, uma vez que era comum usar o termo "gruyere" para qualquer queijo de formato grande de origem alpina.

Isto mudou em 2001, quando o Gruyere Suíço recebeu sua AOC, forçando o que conhecemos atualmente como queijo Comté a abandonar a segunda parte de seu nome.

Informação Nutricional (?)

125kcal . . . . . . . . . . . . . 6%
0g . . . . . . . . . . . . . . . . . 0%
8,3g . . . . . . . . . . . . . . . 11%
10g . . . . . . . . . . . . . . . .19%
5,6g . . . . . . . . . . . . . . . 26%
0 . . . . . . . . . . . . . . . . . . -
0g . . . . . . . . . . . . . . . . . 0%
170mg . . . . . . . . . . . . . . .7%
273mg . . . . . . . . . . . . . .27%

A embalagem a vácuo é utilizada para estender ao máximo as características do queijo como sai das câmaras de maturação, evitando o ressecamento e o crescimento de alguns mofos naturais. O aparecimento de alguns mofos sob a embalagem não significa que o queijo esteja estragado, indica apenas que o vácuo não foi suficiente para inibir completamente o desenvolvimento destes, basta raspar estes mofos e consumir o queijo normalmente. Esta embalagem não impede que ele mature e mude as suas características com o passar dos dias. 

Tire-o da refrigeração e da embalagem uma hora antes de servi-lo, isto dará à massa a consistência adequada e liberará os seus melhores sabores, facilitando o derretimento se for o caso. 

Numa tábua de queijos, pode ser combinado com Camembert, Saint-Marcellin, Gorgonzola dolce, avelãs e nozes.

Tem melhor harmonização com vinhos brancos frescos e minerais, como alguns da “Savoie” ou um Bordeaux.

Devido ao maior teor de gordura destes queijos, buscam-se cervejas com boa presença dos sabores de malte, teor alcoólico levemente elevado e suave doçura. Cervejas do tipo Bock, ou algumas Ales, como uma Pale Ale, Blond Ale, Brown Ale, ou uma Strong Golden Ale, ou mesmo uma Weizenbock de trigo, permitem uma boa harmonização. 

Sempre o conserve refrigerado (entre 3 e 10°C).

Após aberto recomenda-se consumi-lo em até 7 dias, pois fora da embalagem a vácuo poderá ocorrer o crescimento de leveduras e mofos naturais. Note que este produto não contém conservantes. Se necessário reembale-o em filme de PVC estirável. Caso ocorra crescimento de mofos sob a película plástica, basta raspar ou retirar com a casca.

Para evitar ressecamento, acomode-o em recipiente tampado, isto também evitará que o queijo transfira ou receba aromas dos outros alimentos.

Só o congele em último caso. Depois de descongelado consuma-o completamente, certamente haverá mudança na consistência da massa. A conservação após o descongelamento não é boa.

Processando...